A IGREJA DE SARDES

CARTA À IGREJA DE ESMIRNAA IGREJA DE SARDES

“Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas cousas diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás morto. Sê vigilante, e consolida o resto que estava para morrer, porque não tenho achado íntegras as tuas obras na presença do meu Deus. Lembra-te, pois, de como tens recebido e ouvido, guarda-o, e arrepende-te. Porquanto, senão vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei contra ti. Tens contudo, em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras, e andarão de branco junto comigo, pois são dignas”
(Apocalipse 3.1-4)
A falta da igreja de Éfeso foi o abandono do seu primeiro amor. A da igreja de Pérgamo foi a
sustentação das doutrinas tanto de Balaão como dos nicolaítas. A da igreja de Tiatira foi a tolerância
para com Jezabel. E a de Sardes, qual era? Não está explícita sua falta, mas se o Senhor não
achou íntegras as suas obras, ao ponto de dizer que ela tem fama de que vive, mas está morta, o
pecado deve ter sido tão grande, que apenas um resto que já estava também para morrer é aconselhado a se consolidar. Talvez seja essa a segunda igreja pior dentre as demais, pois nenhuma
qualidade, nada a seu favor foi encontrado, a não ser o resto que estava para morrer. Pode ser
que esse “resto” seja referência a umas poucas que não contaminaram as suas vestiduras, que
andarão de branco junto com o Senhor é que são dignas.
Há os que acreditam que os pecados dessa igreja sejam de ordem moral, como imundícies
pagãs. Nós pensamos que o seu pecado seja de ordem estritamente espiritual, tal como algo que
atuava diretamente dentro do coração do líder daquela comunidade. O seu pecado estava aniquilando espiritualmente o restante daquela igreja. Todos sabemos que o pecado que mais rapidamente destrói o cristão é aquele que atinge diretamente a sua alma, tal como o orgulho espiritual, muito mais do que aqueles que atingem mais propriamente a carne, como é o caso das
imoralidades sexuais que afetaram as igrejas anteriores.

Olá, gostaria muito que você deixasse logo abaixo o seu comentário sobre esse assunto, é muito importante a sua opinião para nós. Muito obrigado por ler o artigo.