O DEUS AUSENTE – REALMENTE UMA PREGAÇÃO INTELIGENTE